Bem Vindo

Somos missionários da Igreja Cristã de Nova Vida.
Todos os textos e materiais disponibilizados aqui são de livre reprodução sem prévio aviso desde que não usado de forma comercial.
Desejando entrar em contato use o email: natan.paraguai@gmail.com
Desejando colaborar utilize o Banco Bradesco - Conta 2264-0 Agência 0876-1 Favorecido: Natanael Dias

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Do Afuá 6–Boas Novas

 

Olá amadas (os)  intercessoras (es)

 

As orações quanto a necessidade de luz tem surtido efeito.

Temos vivido um momento extraordinário de abundância de luz.

A Fabrica de Cabo de Vassoura tem funcionado todos os dias. O gerador dela é nosso principal fornecedor.

Graças a isso as crianças estão tendo aula com a sala iluminada.

A chegada do inverno é também garantia de sol escaldante todos os dias.

Nossas baterias apesar de mal funcionarem, tem funcionado o suficiente para dormirmos com o ventilador de teto ligado.

 

Contatamos a empresa fornecedora de energia da cidade e existe a real possibilidade de termos luz até o fim do ano. (Continue orando por isso).

Diario de bordo 03-1489Outro motivo de alegria é que temos que andar menos para chegar naquilo que chamamos de rua. O município tem feito várias pontes-ruas, e uma delas bem próximo a MEAP.

Temos esperança de que uma dessas pontes-ruas cheguem até nós ainda em julho.

 

Obrigado por intecederem por nós.

sábado, 9 de junho de 2012

As Casas, As Crianças, E Você

As casas


imageFosse em um grande centro, não seriam casas, seriam barracos. As casas estão sobre palafitas, na verdade, a armação de madeira, um cômodo que cumpre o papel de sala, quarto e cozinha. O sanitário quando há, também é umaimage caixa. O normal é um sumidouro que deixa as fezes cair diretamente ao chão sempre distante da casa, a uns dez, quinze passos. Penso como deve ser incomodo ter emergências noturnas, principalmente por que aqui não há luz.
Na armação de madeira, quarto, sala, cozinha; muitas das vezes convivem mais de uma família. Por vezes a mesma família de diferentes gerações. Filhos que tem filhos e não saem de casa. As redes estão lá, estrategicamente penduradas.
Algumas casas tem cama, e rede sobre a cama. Pergunto quem dorme em cima e quem dorme embaixo, os pais, ou os filhos. O casal A, ou o casal B. E os filhos, onde ficam? Será que há redes para todos?

As Crianças


Em uma cultura com um pouco mais de pudor, seriam protegidas do ambiente do sexo do casal. Mas, aqui não. Aqui as mulheres saem envoltas em toalhas para comprar pão. É comum vê-las nas varandas de sutiã e pouca roupa. Afinal, estamos próximos da linha do equador, e o calor pede isso. Será mesmo?
As meninas brincam na rua já quase mocinhas, sem camisas. Os meninos com três, quatro anos, balançam seus badulaques, bunda de fora, pés descalços. É como se não houvesse o perigo da pedofilia aqui no paraíso tropical. Pudor! Para quê? Pudor! O que é isso?
Será que o calor pede sexo as vistas dos filhos? Ou será que o sexo com várias pessoas (entre elas crianças) em um mesmo cômodo, é sempre em silêncio. Lembra-se da casa? Um cômodo e rede sobre a cama. Porquanto tempo a criança consegue ser criança sendo exposta a este ambiente desde cedo. Não à toa a iniciação ao sexo se dá logo cedo aqui. E pior, muitas vezes dentro da própria casa, se é que me entendem.

Você

Fosse eu a ler este relato, estaria estupefato. Mas, espero um pouco mais do que isso de sua parte. Também fiquei horrorizado quando comecei minhas visitas e me deparei com esse quadro. Temos orado pelas crianças, pedindo um sono que as proteja. Temos orado pelos pais, pedindo a conversão que os transforme. E, espero que faça o mesmo, ao menos desta vez. É rápido, indolor, e surte efeito.
Oremos: Obrigado Pai por permitir que eu crie meus filhos em um ambiente melhor do que este apresentado. Pai, por favor, de a essas crianças noites de sono pesado que os proteja de participar desse ambiente promiscuo, e que elas não sejam envolvidas nessas relações. Pai, que o teu Santo Espírito, tenha acesso a esses corações, de modo que quando eles ouvirem o testemunho a cerca de Seu Filho se rendam ao seus pés e haja transformação de vida. Pai, por favor, guarde meus irmãos do desânimo, e os encha de determinação e sabedoria para confrontar essa situação. Pai te peço isso, confiando em sua Palavra, para sua honra e sua glória. Amém.

Diário de Bordo – 04 – 09/06/2012

Olá queridas intercessoras
Desde ontem começou aqui no Centro de Vida – Afuá, uma programação da Igreja Quadrangular, a qual eles denominam IMG_0755Encontro com Deus. Estamos servindo a eles com o nosso espaço físico. São quase 140 pessoas entre retirantes, palestrantes e equipe de apoio.
O espaço, Centro de Vida, não foi pensado para comportar tantas pessoas. Contudo temos muito chão e local para pendurar as redes, caso não chova. Eles tem ainda esta noite de sábado para dormir aqui. Então peço que a chuva que tem caído de madrugada falte mais uma vez, como faltou esta noite. E que esses que aqui estão sejam de fato ministrados e tenham um encontro com o Nosso Salvador.
Afinal, muitos deles viajaram mais de 12 horas para estar qui no cenIMG_0766tro de vida. São pessoas de diversas ilhas do arquipélago de Marajó. (Chaves, Breves, Anajás). Ainda que eu não compreenda como uma ilha pode estar a mais de 12 horas uma da outra e pertencer ao mesmo arquipélago. Como é grande o nosso Brasil.
A questão da eletricidade para o evento foi suprida por eles próprios. Já que trouxeram gerador. Então hoje estamos tendo energia todo o dia.
E, enquanto o amazonas não secar e a bomba funcionar, teremos água.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Do Afuá 5–Até Aqui nos Preservou o Senhor

Posso dizer que o Senhor tem nos preservado, tamanhas as lutas e dificuldades temos passado neste processo de adaptação a Afuá. O que nos deixa antever grandes vitórias. E, você, participando delas.
clip_image002Sophia Hanna tem sido vitima de agressões na escola. Vez por outra. Peço por ela e por essas crianças. È claro que elas são reflexo da experiência vivida em casa.
Sarah tem sido de preciosa ajuda noclip_image004 projeto doce lar. Contudo não reage bem a visita de nossos amigos da selva. Falo das aranhas, escorpiões, morcegos e cobras, como o filhote que visitou nosso banheiro hoje.
clip_image006Simone já foi vitima de alguns acidentes, que fragilizou seus pés, quedas e torções. Nem bem se recupera de um acidente, já acha outro. Agora mesmo, está caminhando com dificuldade e usando medicamentos. Ainda assim mantém seu tradicional sorriso, enquanto trabalha.
clip_image008No inicio de maio eu (Natanael), fui utilizado como para-raios. A experiência não deu muito certo. Glorifico a Deus pelo livramento. Contudo há tantas pequenas coisas ainda a serem feitas em termo de obra que nos falta tempo para as demais coisas. Temos lutado com dificuldades de eletricidade e água. Por favor orem, para que consigamos mão de obra qualificada para o que ainda temos de fazer. Eu e Simone não somos o que eu possa chamar de mão de obra qualificada, mas temos nos esmerado também com a colher de pedreiro em mãos.
Contamos com você.
Em Cristo
Natanael, Simone, Sarah e Sophia Hanna